• Bem-vindo!

    Bem-vindo ao PPractice! Aqui você encontra as últimas novidades, reportagens, spoilers, fotos, notícias do elenco e muito mais! Não esqueça de deixar seu comentário!
  • Contato

    Afiliação, sugestões, críticas ou elogios?
    privatepracticebr@gmail.com

  • Disclaimer

    O PPractice © 2009 não é afiliado de maneira nenhuma à ABC, aos atores ou seus produtores. Esse site foi criado por fãs e para fãs. Por favor, avise antes de usar qualquer material encontrado nesse site.

Kate Walsh para a revista Capitol File

Entrevista da revista Capitol File (por Sarah Schaffer)
Tradução de inglês para português feita por
Fotos por Robert Ascroft

CAPITOL FILE: Você estava recentemente em DC para desfrutar de alguns dos jantares para Correspondentes da Casa Branca e entidades associadas. Conte-me sobre essa experiência.
KATE WALSH:
Foi incrível. Eu fui convidada em anos anteriores, mas essa é a primeira vez que eu realmente quis vir. Eu achei o discurso do presidente fantástico. Apreciei seu humor auto-depreciativo. E Wanda Sykes estava muito engraçada. Foi ótimo poder conhecer e me divertir com vários dos politicos de Washington e a imprensa local, também.

CF: Fale sobre o que está acontecendo em sua vida profissional.
KW:
Estou prestes a embarcar em uma extensa turnê européia de divulgação, promovendo a série no exterior e, em seguida, finalmente tirar férias depois. No outono, “Private Practice” será transmitido nas Quintas depois de “Grey’s Anatomy” novamente. Eu também tenho um filme para ser lançado no início de 2010 chamado “Legion”.

CF: Eu sei que você fez campanha para Obama e tem sido ativa em grupos de caridade. O tempo que você passou em DC aflorou qualquer sonho ou ambições políticas?
KW:
Fazer a campanha para o presidente foi uma experiência fantástica e recompensadora, com certeza. Eu amei, especialmente, conhecer e ter contato com tantas pessoas pelo país afora, que saíram voluntariamente e fizeram a campanha de forma tão apaixonada. Eu acho que tem uma pequena parte de mim que fantasia sobre servir em cargos públicos.

CF: Nós veremos a Senadora Walsh em alguns anos na estrada?
KW:
Ha! Talvez Senadora Addison Montgomery! [Personagem de Kate em “Private Practice”]

CF: Qual foi a sua impressão da cena de Washington e a cena política como algúem que esteve na campanha eleitoral – e como alguém familiarizado com Hollywood ao invés de “Poliwood”?
KW:
Ver as pessoas participando na democracia, e fazendo a diferença é excitante. Eu acho que Washington é um lugar muito excitante, sexy… posso dizer sexy? Sim, eu decidi: sexy. Muitas das mais importantes decisões e contribuições para o pais e para o mundo em geral são feitas em DC. Como isso pode não ser magnético?

CF: Algum passatempo ou paixões secretas?
KW:
Eu toco clarinete e bateria. Yeah. Enterre isso.

CF: Se nós não conhecessemos Kate Walsh como uma atriz, conheceríamos ela como…
KW:
Uma pessoa que não se sente confortável em falar continuamente sobre ela mesma em um artigo de revista!

CF: Você é mais tecnologia ou toque?
KW:
Eu sou uma completa idiota, tecnicamente.

CF: Você Twitta?
KW:
Não.

CF: O que você acha das redes sociais e divulgar coisas da sua vida para que todos tenham acesso?
KW: Eu acho que tudo bem se você está promovendo trabalho mas, por outro lado, eu acho que é indicativo de uma cultura cada vez mais narcisista e de auto piedade. Digo, escreva em seu super-top-secreto diário e mantenha isso debaixo de seu travesseiro. Oops, eu basicamente bloguei?

CF: Aqueles comerciais para o Cadillac que você fez deram um apelo sexual para a marca historicamente masculina. Você é alguém que gosta de de ir fundo na velocidade ou você é do tipo mais “passeio de domingo” na vida real?
KW:
Não importa o que eu disser aqui vai soar como uma insinuação sexual, então aqui vai: eu gosto de ir rápido, mas devagar tornou-se mais e mais atraente.

CF: Qual é o seu objetivo hoje, e onde você quer estar daqui a 10 anos?
KW:
Eu quero continuar criando e esperançosamente estar a serviço, de alguma forma, da cultura. Eu não posso imaginar onde estarei em 10 anos.

CF: Quem te inspirou a atuar?
KW:
Glinda, a Bruxa Boa do Norte.

CF: Você acha que você chegou?
KW:
Eu não acredito em “chegada” (Digo isso enquanto escrevo de uma bóia em minha piscina, saboreando um mojito… brincadeira).

CF: Defina felicidade…
KW:
Mudança constante.

Fonte: Capitol File

4 Respostas

  1. […] Para cotinuar lendo a entrevista clique aqui! […]

  2. Entrevista fantástica!!
    4 OBS super F#$*a!

    -Senadora Addison Montgomery

    – “Uma pessoa que não se sente confortável em falar continuamente sobre ela mesma em um artigo de revista”

    Nossa curta e objetiva merece perfil do orkut kkk

    – Diario? Também tenho kkk

    – Como essa mulher fotografa bem.

  3. Adorei a entrevista, adoro a forma como a Kate é objetiva sem soar prepotente ou arrogante, ela é objetiva e só.

    Eu adoro essa mulher!

    E “Como essa mulher fotografa bem.” [2]

  4. http://www.alisonbezzina.com/interview-kate-walsh-adisso/2009/8/3/interview-kate-walsh-adisson-forbes-montgomery-shepherd.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: